Instituto Federal de SC comprova benefícios da solução Phantosys

O Instituto Federal de SC, através do Campus Florianópolis, em 2014 foi uma das primeiras instituições no Brasil que abriram suas portas para conhecer e testar a solução Phantosys e, comprovada sua eficiência, conformidade, performance, estabilidade e extrema simplicidade de operação, continuam desenvolvendo a cultura de gerenciamento completo de estações, incluindo computadores desktops e estações gráficas, com sistemas operacionais Windows e Linux, disponibilizados em vários laboratórios de informática do Campus.

Atualmente estão em processo de ampliação do ambiente gerenciado pelo sistema Phantosys, incluindo a disponibilização da solução para outras unidades da rede.

youtu.be-gdWjIDZK4Ss (1)A implantação do ambiente de gerenciamento Phantosys é feita sem investimento algum em hardware adicional. Os PCs e estações gráficas já existentes são adicionados ao ambiente, bem como os sistemas operacionais (Windows e Linux) e softwares aplicativos diversos, e o servidor Phantosys instalado em um simples PC ou máquina virtual com capacidade equivalente.

O foco do uso da solução na instituição é, além de simplificar a complexidade da gestão de um parque com grande número de PCs, resolver duas dificuldades mais específicas das redes de PCs instalados em laboratórios de informática de diversos cursos.

A primeira se refere à dificuldade em realizar alterações nos ambientes e softwares utilizados. No método normal de clonagem de HD via rede, até então utilizado no IFSC, as imagens de SO/aplicativos são construídas a partir da demanda dos professores a cada início de ano letivo ou semestre, mas tal método impossibilita atender rapidamente solicitações de alterações, para atualizar versões ou instalar novas ferramentas para todos os computadores, e acaba por exigir intervenções individuais em cada PC da rede, e quase sempre resulta em defasagem dos sistemas e falta de padronização.

Um dos grande diferenciais é poder oferecer ambientes Windows e Linux, ao mesmo tempo, carregados juntos dentro do mesmo “cache” e não em partições diferentes.

Outro problema é a dificuldade em ofertar ambientes com diferentes seleções de softwares para diferentes cursos, ou como no caso dos laboratórios que necessitam utilizar Windows e Linux.

Até então, a solução era rodar máquinas virtuais Linux dentro de cada PC com Windows. Apesar de tal método oferecer o ambiente Linux para os alunos, não oferece a mesma performance e usabilidade visto que os recursos de hardware precisam ser divididos entre o Host e máquina virtual, além de limitações técnicas ou incompatibilidade com alguns aplicativos.
youtu.be--C3K3Vi8vQM (1)Os laboratórios instalados com o sistema Phantosys contemplaram de imediato situações que colocaram à prova a performance e versatilidade da plataforma, incluindo estações gráficas que rodam softwares pesados com vários aplicativos de engenharia, como Autocad e Revit.

youtu.be-36no6vtMaC0

Outros laboratórios atendem cursos da área de TI que utilizam tanto ambiente Windows como Linux, que com Phantosys pode rodar nativamente no PC, apenas selecionando o sistema Linux no momento do boot.

 

A tecnologia Phantosys permite ainda o bloqueio de portas e unidades de armazenamento internas e externas, tudo isso controlado de forma externa ao sistema operacional em operação no cliente, imune à tentativas de “burlar” bloqueios feitos via aplicativos.

 


Comments are closed.